7 dicas para reinventar o seu modelo de negócio

444

Empresas de sucesso sabem da necessidade e importância de se reinventar sempre que preciso. São diversos os fatores que as levam a compreender que este tipo de comportamento pode ser saudável para sua longevidade, ainda mais nos tempos atuais, onde a tecnologia se desenvolve com grande velocidade e novas ferramentas digitais surgem a cada dia. 

Mudanças são sempre necessárias para acompanhar a concorrência e a tecnologia, mas muitas vezes também são um ponto-chave para atender aos clientes e conseguir abranger novos tipos de mercado.

É fato que, com a era digital em ascensão, muitas empresas precisam se reinventar para manter sua receita ou até mesmo evitar a falência.

Este é um assunto em questão no atual momento do mundo, pois, devido à crise econômica fortalecida pela pandemia do COVID-19, muitas empresas foram obrigadas a sair de sua zona de conforto e aplicar severas mudanças de rotina ou em seu planejamento de marketing para evitar que fechassem as portas.

Negócios que se reinventam não são uma completa novidade. Este é um processo bastante conhecido por marcas que costumavam estar no topo e foram perdendo seu lugar no gosto do público ao longos dos anos. 

Muitas das marcas mais bem sucedidas do mercado passaram por transformações dolorosas e precisaram se reinventar mantendo a fidelidade dos clientes, assim como algumas das empresas mais lucrativas e duradouras do mundo alcançaram o seu histórico de sucesso se reinventando constantemente. 

Está claro que a era digital é um dos principais motivos para que empresas tenham que se reinventar. Com um boom de mudanças na tecnologia, foi necessário que as empresas também evoluíssem.

Mas há muitas razões para ajustar o seu modelo de negócio – ou para experimentar um completamente novo – que fazem todo o sentido. 

Ao pensar nisso cuidadosamente, talvez sua empresa veja que é hora de se reinventar e que a mudança pode trazer bons frutos. 

A partir disso, bolamos algumas dicas para te ajudar na hora de reinventar o seu negócio. Lembre-se que é preciso dar um passo inteligente de cada vez.

1. Saiba quando fazer a mudança

Muitos fatores podem levar um negócio em direção à reinvenção, principalmente quando se trata de pequenas empresas. 

Mudanças no mercado e na economia, mudança de comportamento dos clientes, surgimento de novos concorrentes, mudança no estilo de trabalho e até mesmo questões mais pessoais, como passar mais tempo com a família, podem ser consideradas razões legítimas para uma mudança.

O primeiro e mais importante passo é, de fato, decidir o momento certo para realizar uma mudança. Sabemos que qualquer tipo de mudança envolve riscos e na hora de uma empresa se reinventar isso não é diferente. 

É comum que muitas empresas caiam na zona de conforto, já que a máxima diz não é preciso mexer em time que está ganhando, não é mesmo? Mas, ao estudar cenários de mercado, desenvolver uma matriz swot ou até mesmo realizar um planejamento estratégico de marketing coerente com os planos da empresa e as previsões econômicas do país, é possível ter alguns insights do caminho a ser traçado futuramente. 

As questões tecnológicas também estão bastante relacionadas à necessidade das empresas se reinventarem. Mesmo que a sua empresa não esteja diretamente ligada a produtos ou serviços tecnológicos, é necessário que seus profissionais acompanhem as tendências de tudo o que ocorre no meio digital. Hoje, mais do que nunca, qualquer mudança neste tipo de cenário pode mudar drasticamente a forma com que as pessoas se relacionam e como serviços são adquiridos e consumidos por elas ou por outras empresas. 

Talvez sua empresa precise se reinventar rapidamente, pois o fluxo de caixa já não está mais correspondendo às expectativas ou houve algum tipo de mudança drástica no cenário econômico. Neste tipo de situação, mais do que em qualquer outra hora, você precisará ser prático e determinado para realizar mudanças direcionadas e assertivas para evitar o pior.

2. Entenda que tipo de mudança você precisa fazer

Para se reinventar, uma empresa precisa decidir que tipo de mudança será necessário para atender os seus objetivos futuros. 

Depois de decidir que algo melhor pode ser feito a partir dos seus insumos de trabalho, você precisa entender se sua empresa necessita de pequenas ou grandes mudanças. 

É preciso também avaliar sobre as competências da sua equipe e entender o que pode ou não ser aproveitado em um momento como esse. Dar visibilidade às competências que sua empresa tem em mãos pode contribuir de forma bem expressiva para que produtos ou serviços sejam reinventados. 

Muitos empresários vivem tendo grandes ideias, mas esquecem que não é tão fácil colocá-las em prática e que muitas delas demandam mais tempo do que o esperado. Por isso, é bem importante entender para que lado ir. Avaliar todas as ideias e escolher apenas uma pode ser difícil, mas você e sua equipe precisam entender que, para se reinventar, é preciso ter foco e seguir uma direção concisa. 

Todas as ideias podem ser brilhantes no papel, mas qual delas, de fato, poderá ser bem executada e salvar o seu negócio?

3. Siga o Plano

O próximo passo é fazer um plano de negócios e segui-lo o mais fielmente possível, assim como se estivesse começando do zero. É realmente necessário ter muito foco e determinação. 

Muitas empresas acabam falhando no processo de se reinventar por não conseguirem dar a devida atenção ao período da mudança e, muitas vezes, focam a maior parte dos seus esforços aos comportamentos antigos, imaginando que estes ainda poderão garantir seu atual fluxo de caixa. 

Porém, nos casos em que a mudança precisa ocorrer e é sinônimo de vida ou morte, é preciso que os proprietários do negócio tenham uma mentalidade aberta para ouvir seus funcionários, clientes e até mesmo outras empresas parceiras Só assim poderá realmente entender se o seu plano de negócios está indo na direção correta.  

4. Atualize o seu Plano de Marketing

Se preocupar com as ações de marketing também é um dos pontos-chave para empresas que procuram se reinventar. 

Ter uma comunicação clara e eficiente pode ajudar sua empresa a estar bem alinhada com as metas e objetivos internos, assim como é essencial para que o público externo também entenda com clareza a necessidade da mudança. 

Algumas empresas modificam seu sistema de entrega de serviços ou até mesmo mudam completamente seu produto. Algumas têm como ideia inicial agregar mais clientes em sua base, mas outras acabam mudando sua clientela drasticamente. 

Por isso, ter uma plano de marketing bem definido e uma comunicação bem feita pode facilitar muito o trabalho de empresas que querem se reinventar.

5. Invista em ferramentas adequadas

Quando falamos da era digital, precisamos entender que a tecnologia mudou muito. 

Algumas empresas não precisam mudar o seu tipo de produto ou serviço, mas necessitam realizar uma grande mudança, atualizando suas plataformas e meios de contato com o público para o digital. 

É certo que a maioria das grandes empresas já passou por este tipo de mudança uma ou duas vezes e ainda passará algumas outras mais. Porém, pequenas empresas já possuem a facilidade de crescerem em um cenário onde o mundo digital já está mais acessível.

Com isso acontecendo, é certo que as empresas possam contar com ferramentas digitais adequadas ao seu tipo de negócio, sejam elas úteis para gerenciar equipes, vendas, projetos, processos, metas ou outros serviços de forma mais rápida e eficiente. 

Conheça a Airbox, nossa ferramenta de gestão integrada.

6. Tenha um mentor ou responsável pela mudança

Mesmo as pessoas mais comprometidas com a mudança podem estar sujeitas a falhas em seus planos de negócio e se desviarem do caminho.

Algumas até mesmo passam um por tipo de processo de luto e encaram as mudanças como um pesar. Este é um dos problemas enfrentados por alguns empreendedores que, às vezes, mostram bastante resistência em mudar algo que trabalharam por tantos anos para conquistar. 

Algumas empresas contam com a ajuda de um mentor ou orientador para realizar um grande processo de reinvenção de suas empresas ou marcas, o que torna um pouco mais fácil não perder o foco necessário para realizar as mudanças. 
Há muita coisa para lidar e erros podem ser cometidos, sem dúvida. Por isso, é preciso que os 

responsáveis por gerenciar de perto o processo de mudança sejam positivos, otimistas e lutem para conquistar o sucesso com muita determinação.  

7. Conte com a sua equipe no processo de mudança

Após criar uma estratégia de mudança adequada, é preciso tempo para negociar novos contratos, trazer novos funcionários ou treinar os existentes. 

É de extrema importância que você seja o mais transparente possível em todos os processos com funcionários, clientes e fornecedores. Explicar a todos que as mudanças estão acontecendo, quando irão ocorrer e o que isso significa para eles.

Uma importante lição: as empresas que sobreviveram a uma reinvenção são aquelas que foram transparentes e também ouviram seu clientes. 

Bônus: 

Transformações bem-sucedidas podem exigir uma mudança radical das estruturas, processos, instrumentos de gestão e tecnologia. Aqui estão 10 dicas bônus para te ajudar:

  1. Pense grande;
  2. Surpreenda, tudo está ligado à experiência;
  3. Modifique suas operações para sistemas digitais;
  4. Repense a cultura da sua empresa;
  5. Mude seu pensamento e direcionamento em relação ao negócio;
  6. Incentive os líderes, em todos os níveis;
  7. Lembre-se que tudo está em jogo;
  8. Faça disso uma boa ferramenta de trabalho; 
  9. Identifique e reorganize departamentos que atuam de forma desalinhada com o seu negócio;
  10. Seja rápido!

Deixe um comentário

Informe seu comentário
Please enter your name here