O que é e como funciona a técnica Pomodoro?

É difícil fazer as coisas, especialmente se você possui ou trabalha em uma empresa baseada em serviços. Você faz uma coisa e no minuto seguinte aparece uma nova para fazer.

Entra aí a técnica Pomodoro. Esse método popular de gerenciamento de tempo pode ajudá-lo a desviar de distrações, focar e realizar tarefas em pequenos intervalos, enquanto faz pausas frequentes para relaxar e descansar. 

O melhor de tudo é que é fácil. Se você tem uma lista de tarefas grandes para produzir, é uma ótima maneira de fazer tudo. Vamos dar uma olhada no que é a técnica Pomodoro e ver como você pode aplicá-la ao seu trabalho.

O que é a técnica Pomodoro?

A técnica Pomodoro foi inventada no início dos anos 90 pelo desenvolvedor, empresário e autor Francesco Cirillo. Cirillo nomeou o sistema de “Pomodoro” em homenagem ao cronômetro em forma de tomate que ele costumava acompanhar seu trabalho como estudante universitário. 

A metodologia é simples: quando confrontado com qualquer tarefa grande ou série de tarefas, divida o trabalho em intervalos curtos e cronometrados (chamados “Pomodoros”), espaçados por intervalos curtos. 

Isso treina seu cérebro a se concentrar por curtos períodos e ajuda a manter-se atualizado sobre os prazos ou recargas constantes. Com o tempo, pode até ajudar a melhorar sua atenção e concentração.

Pomodoro é um sistema cíclico. Você trabalha em sprints curtos, o que garante uma produtividade consistente. Você também pode fazer intervalos regulares que reforçam sua motivação e o mantêm criativo.

Como a técnica Pomodoro funciona?

A técnica Pomodoro é provavelmente um dos métodos mais simples de produtividade para implementar. Tudo que você precisa é de um cronômetro. Além disso, não há aplicativos, livros ou ferramentas especiais necessários (apesar de existirem muitos deles por aí, caso você opte por este caminho).

Veja como começar com Pomodoro, em cinco etapas:

  • Escolha uma tarefa a ser realizada;
  • Defina o Pomodoro para 25 minutos (o Pomodoro é o cronômetro);
  • Trabalhe na tarefa até que o Pomodoro toque;
  • Faça uma pequena pausa (5 minutos é OK);
  • A cada 4 Pomodoros fazem uma pausa mais longa.

Essa pausa mais longa geralmente fica entre 15 a 30 minutos, o que for preciso para que você se sinta recarregado e pronto para iniciar outra sessão de trabalho de 25 minutos. 

Repita esse processo algumas vezes ao longo de uma jornada de trabalho e, na verdade, você realizará muito — mesmo fazendo muitas pausas para pegar uma xícara de café ou encher sua garrafa de água no processo.

É importante observar que um Pomodoro é uma unidade de trabalho indivisível — isso significa que, se você se distrair com um colega de trabalho, reunião ou emergência, é necessário encerrar o Pomodoro (salvando seu trabalho e iniciando um novo mais tarde), ou você deve adiar a distração até que o pomodoro esteja completo. 

Se você puder fazer isso,  utilize a estratégia de “informar, negociar e ligar de volta”:

  • Informe a outra parte (que distrai) de que você está trabalhando em algo no momento;
  • Negocie um momento em que você possa retornar a eles sobre o problema de distração em tempo hábil;
  • Agende esse acompanhamento imediatamente;
  • Ligue de volta para a outra parte quando seu Pomodoro estiver completo e você estiver pronto para resolver o problema.

Obviamente, nem toda distração é tão simples, e algumas coisas exigem atenção imediata. Às vezes, é perfeitamente ok dizer ao seu colega de trabalho: “estou no meio de alguma coisa agora, mas posso voltar para você em dez minutos?”. 

Fazer isso não apenas o mantém no ritmo, mas também dá a você controle sobre sua jornada de trabalho.

Por fim, é importante lembrar que Pomodoro é um sistema de produtividade. Se você estiver avançando e o cronômetro disparar, não há problema em pausar o cronômetro, terminar o que está fazendo e depois fazer uma pausa. 

O objetivo é ajudá-lo a se concentrar, mas também lembrá-lo de buscar ar, já que intervalos regulares são importantes para sua produtividade. 

Gostou de aprender sobre a técnica Pomodoro? Já usava alguma outra dica para ser mais produtivo no trabalho? Comente abaixo e compartilhe conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *